ATIVIDADE 3 – PED – POLÍTICAS E O PROCESSO ENSINO/APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA – 54/2023

1ª QUESTÃO
A epilepsia é uma condição clínica que pode estar associada aos transtornos invasivos do desenvolvimento
podendo acontecer no contexto escolar, sendo importante que o professor e a comunidade saibam como
lidar com a situação.
Sobre esse assunto, leia e assinale a alternativa correta:
ALTERNATIVAS
É importante dar água para a pessoa ficar mais tranquila.
É imprescindível a remoção da pessoa do local para melhor atender.
É necessário ofertar medicamentos à pessoa que teve convulsão mediante sua confusão mental.
Independente do tempo de duração da crise a pessoa não terá a necessidade de atendimento clínico.
Proteger a cabeça, afrouxar as partes apertadas das roupas, e virar a pessoa de lado, para a língua cair para o lado,
são medidas importantes para auxiliar no momento da crise.

2ª QUESTÃO
Estudamos que as deficiências físicas podem ser temporária, recuperável, definitiva e compensável e que
são caracterizadas por causas hereditárias, congênitas e adquiridas. Quanto aos tipos, a temporária, quando
tratada, permite que o indivíduo volte às suas condições anteriores; a recuperável permite melhora diante
do tratamento ou suplência por outras áreas não atingidas; a definitiva, quando, apesar do tratamento, o
indivíduo não apresenta possibilidade de cura, substituição ou suplência; e, por fim, a compensável, que é a
que permite melhora por substituição de órgãos.
Sobre a deficiência física motora, avalie as afirmativas a seguir e considere (V) para as verdadeiras e (F) para
as falsas.
l. A Paralisia Cerebral é uma deficiência física neuromotora que apresenta quadro não evolutivo.
ll. A Lesão Medular Espinhal é provocada por acidentes, como mergulho, lesão por arma de fogo e
acidentes de carro. As sequelas mais comuns são a tetraplegia e paraplegia.
lll. O paralisado cerebral apresenta desenvolvimento cognitivo normal.
lV. A deficiência físico-motora se caracteriza apenas por lesões ortopédicas.
As afirmações I, II, III e IV são, respectivamente:
ALTERNATIVAS
V, F, V, F.
V, V, F, F.
V, F, V, V.
F, V, F, V.
F, F, V, V.

3ª QUESTÃO
Os serviços de reabilitação, que surgiram após a 1ª Guerra Mundial, despertaram para a necessidade de
atendimento às pessoas com deficiências, surgindo os serviços para atendimento às crianças deficientes.
Com isso, ganham força as influências ambientais nas concepções da deficiência mental, pois:
ALTERNATIVAS
Outros fatores etiológicos não hereditários também podiam causar a deficiência mental, como as infecções,
traumatismos e problemas endócrinos.
Surgem os programas de intervenção precoce com bons resultados, em relação à prevenção de efeitos adversos das
deficiências.
A concepção genética da deficiência não tinha peso neste período, por ser pouco compreendida.
Surgiu maior interesse pelos deficientes múltiplos, devido à compreensão das causas ambientais.
As descobertas da ciência fortalecem a rejeição à deficiência.
4ª QUESTÃO
Lev Semenovitch Vygotsky foi um psicólogo da Bielorrússia, considerado o segundo teórico educacional
mais importante da história, com estudos voltados para a área do desenvolvimento do aprendizado e a sua
conexão com as relações sociais. Em nosso estudo vimos que o psiquismo humano concebido por Vigotsky
apresenta sua gênese no social. Assim, entendemos que é no processo de interação com o mundo que o
psiquismo se desenvolve.
Levando isso em consideração, avalie as alternativas a seguir assinalando a correta quanto a teoria de
Vigotsky:
ALTERNATIVAS
Para Vigotsky, a consciência, isto é, o psiquismo é organizado por meio da memória.
Para Vigotsky, o psiquismo da pessoa deficiente ocorre apenas pelas coisas materiais.
Para Vigotsky, o desenvolvimento psíquico da criança se inicia com sua entrada na escola.
Para Vigotsky, o psiquismo humano tem seu substrato biológico negado pela Teoria Histórico-Cultural.
Para Vigotsky, a humanização do homem é promovida pela mediação e por instrumentos e signos, sendo a
linguagem um signo de grande importância.

5ª QUESTÃO
A Lei n.13.146/2015 é destinada a assegurar e a promover, em condições de igualdade, o exercício dos
direitos e das liberdades fundamentais por pessoa com deficiência, visando à sua inclusão social e cidadania
(BRASIL, 2020).
Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-
2018/2015/lei/l13146.htm#:~:text=Art.,Par%C3%A1grafo%20%C3%BAnico. Acesso em 03 de ago. 2020.
As legislações brasileiras contribuem no processo de inclusão, pois são uma forma de garantir que sejam
ofertados recursos e atendidas as particularidades de todas as pessoas com deficiência, independente de
suas características. Assim, é essencial garantir o que pregam as legislações que regem a política pública
para a educação inclusiva. A partir do exposto sobre as leis do Brasil, leia as afirmações e assinale a correta.
ALTERNATIVAS
As políticas públicas brasileiras contam com muitas leis, no entanto, poucas sancionadas.
Os direitos à educação dos deficientes só foi apontado pela Constituição Federal Brasileira em 1988.
Os direitos das pessoas deficientes à educação iniciam-se as discussões por a partir do Estatuto da Pessoa com
Deficiência.
O ECA, apesar de ser uma lei importante no Brasil, não aponta determinações em relação ao ensino para as
pessoas com deficiência.
O dever do Estado com a educação será efetivado mediante garantia de atendimento educacional especializado aos
portadores de deficiências, preferencialmente na rede regular de ensino.

6ª QUESTÃO
Em se tratando de aprendizagem e desenvolvimento, todas as pessoas necessitam de apoio em algum
momento de suas vidas, logo o professor tem um papel de destaque para essa formação.
Sobre a relação professor-aluno, assinale a alternativa correta:
ALTERNATIVAS
A relação professor-aluno não é fator relevante na construção da inclusão.
Tolerância à frustração e persistência são características do aluno deficiente.
A deficiência, por ser limitante, esgota a condição humana de indivíduo, impossibilitando o trabalho do professor.
O professor irá conhecer as particularidades do seu aluno a partir do momento que levanta seu perfil, dessa forma,
deverá construir o melhor meio para que seu aluno aprenda.
É responsabilidade do professor criar situações de aprendizagem adequadas às necessidades de cada criança, já o
desenvolvimento da autonomia é responsabilidade exclusiva da família.
7ª QUESTÃO
Os Transtornos Globais do Desenvolvimento compreendem um público que têm seus direitos garantidos
nas políticas de inclusão, enquadrando-se na Política Nacional de Educação Especial, na Perspectiva da
Educação Inclusiva (2008).
Desse modo, podemos considerar que:
ALTERNATIVAS
A causa do autismo é de ordem psicológica.
O autismo infantil é uma psicopatologia com poucos comprometimentos na interação.
A criança autista utiliza seus relacionamentos para alívio de suas ansiedades existenciais.
As pessoas com o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) são consideradas pessoas com deficiência.
A criança com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) apresenta capacidade de interação social adequada.

8ª QUESTÃO
“A família vem sofrendo abalos internos e externos que dificultam manter sua ideologia frente aos
acontecimentos que a envolvem e que configuram diferentes respostas sociais e culturais em cada membro,
de acordo com seu contexto histórico e sua percepção subjetiva. Muitas mudanças vivenciadas pelas
famílias vêm ocorrendo desde a revolução industrial, como a presença ativa da mulher no mercado de
trabalho, as intervenções tecnológicas relativas à anticoncepção ou a reprodução assistida, quebrando a
concepção naturalizada da família.”
LEONEL, Waléria Henrique dos Santos. Políticas e o processo de ensino/aprendizagem na Educação
Inclusiva. Reimpressão, 2021. Maringá-Pr: UniCesumar, 2021
Com base nesta informação, analise as asserções e a relação proposta entre elas:
I. Nos dias atuais, é necessário rever muitos padrões quando falamos sobre família e suas configurações,
pois esta é uma instância que vem passando por mudanças ao longo da história da humanidade.
PORQUE
II. Pode-se considerar a família sob três formatos básicos: a nuclear (conjugal), a extensa (consanguinidade)
e a abrangente. Entende-se por família nuclear a constituída pelo tripé pai-mãe-filhos, por família extensa, a
que se componha também por outros membros que tenham quaisquer laços de parentesco e por
abrangente, a que inclua mesmo os não parentes que coabitem.
A respeito destas asserções, assinale a opção correta:
ALTERNATIVAS
As asserções I e II são falsas.
A asserção I é verdadeira, e a asserção II é falsa.
A asserção II é falsa, e a asserção I é verdadeira.
As asserção I e II são verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.
As asserção I e II são verdadeiras, e a II não é uma justificativa correta da I.

9ª QUESTÃO
A deficiência teve uma série de mudanças na sua terminologia no decorrer da história a partir de mudanças
na concepção social. Em relação à deficiência intelectual, essa ainda apresenta muitas dúvidas quanto a sua
definição e terminologia, sendo de fundamental importância para a prática do professor o conhecimento
sobre esse público.
Sobre os deficientes intelectuais, leia as afirmações a seguir:
I. Os termos retardado, anormal, idiota, deficiente mental; são termos utilizados no passado para se referir
ao deficiente intelectual.
II. A OMS e o DSM-IV diz que a pessoa deve apresentar QI abaixo de 70 para ser considerado deficiente
mental.
III. A definição de deficiência mental tem levado a muitas revisões no seu conceito, o CID 10 propõe uma
definição baseada no coeficiente de inteligência.
IV. A deficiência mental se limita na sua condição orgânica, sendo definida por um único saber.
É correto o que se afirma em:
ALTERNATIVAS
I e II, apenas.
I e III, apenas.
I, II e III, apenas.
II, III e IV, apenas.
I, II, III e IV.

10ª QUESTÃO
A Educação Inclusiva nos chama a atenção para atender as diferenças dos alunos com necessidades
educacionais especiais. Na Política Nacional De Educação Especial Na Perspectiva Da Educação Inclusiva de
2008, os alunos com distúrbios de aprendizagem e TDAH se enquadram no grupo dos Transtornos
Funcionais Específicos.
LEONEL, Waléria Henrique dos Santos. Políticas e o processo de ensino/aprendizagem na Educação
Inclusiva. Reimpressão, 2020. Maringá-Pr: UniCesumar, 2015.
Com base no exposto, avalie as afirmativas quanto a concepção de distúrbio de aprendizagem e de
dificuldade escolar.
I. O Distúrbio de Aprendizagem está relacionado a uma falha na aquisição ou no processamento, ou, ainda,
no armazenamento da informação.
II. No que se refere aos distúrbios de aprendizagem, sabemos que a gravidade do distúrbio é determinada
pelo ambiente no qual a criança está inserida.
III. Os distúrbios de aprendizagem envolvem as áreas e circuitos neuronais específicos do Sistema Nervoso
Central (SNC) em determinado momento do desenvolvimento.
IV. A Dificuldade Escolar (DE), é quando a criança não aprende por ter um problema pedagógico relacionado
a falta de adaptação ao método de ensino, a escola, ou que tenha outros problemas de ordem acadêmica
ou emocional.
É correto o que se afirma em:
ALTERNATIVAS
I, apenas.
I e III, apenas.
I, II e IV, apenas.
II, III e IV, apenas.
I, II, III, e IV

Olá, somos a Cavalini Assessoria Acadêmica.

Fazemos esse trabalho por um preço justo, sem cópia.

Nossa equipe multidisciplinar é altamente capacitada para oferecer assessoria na elaboração das mais variadas atividades, garantindo autenticidade e originalidade em todos os trabalhos.

Entre em contato conosco para solicitar o seu.

Aponte o celular para abrir o WhatsApp